segunda-feira, 14 de maio de 2012

Momento Poético - O jovem

O jovem poeta
armado está
munido de palavras
pronto a atirar

Rimas pobres
ricas
raras
fantásticas

Rimas simples
belas
ativas
estáticas

O jovem poeta foi atingido
o poema de guerra foi corrompido
desvalido
falecido...

Sem nome, perdeu sua fé
uniu-se ao povo, esqueceu da poesia
tornou-se mais um, como foi, como é
o mundo do jovem perdeu a alegria

O jovem pateta
desarmado está
sem fé, sem amor
sem forças pra lutar

(Parceria com Felipe Guimarães de Aquino, vulgo Bob)

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Powerade Coupons